who is you? tell me your story.

tumblr_lt2pe99d7k1qduu34o1_500

Clique aqui, para ouvir Tell Me A Story – Phillip Phillips enquanto lê! ❤

Conte me uma história. Não eu não me importo se ela for sobre o seu dia, e sobre o quão chatas foram as coisas nele. Conte me. Eu não me importo em ouvir sua voz apressada se atrapalhando nas palavras, tentando acompanhar a agitação de contar sobre aquele verão, o melhor verão da sua vida. Conte me. Seus principais medos, o porquê daquela noite você dividir por horas, a insônia com o seu travesseiro. Não eu não me importo de ouvir sobre o almoço de família, aquele do domingo, em que sua tia avó perguntou pela milionésima vez, sobre as suas ‘namoradinhas’. Conte me. Como foi seu desempenho naquela prova de final de semestre. Não me importo em ouvir o quanto seu professor vacilou por cobrar algo que você não estudou. Conte me. Sobre aquela música que você ouviu e não consegue lembrar o nome do artista. Vai cantarolando a canção. Vasculha a top 10 daquela velha rádio da cidade até encontrar. E ai, divide ela comigo. Não eu não me importo com a sua mania de enfatizar várias vezes a mesma frase. Eu gosto disso. Sei que aquela frase deve ser o sentido de todo resto da história, merece a importância que recebe.

Conte me. Como foi que terminou aquela discussão boba entre você e seu melhor amigo. As amizades são calmaria e turbulência eu sei. Nos tiram da zona de conforto e nos colocam aonde deveríamos estar. Por isso que sempre perduram. Não eu não me importo. Em te ouvir falar o quanto Darth Vader é demais. E como você quer que seus filhos conheçam a paixão pela ‘Força’ ou as aventuras da velha Millenium Falcon. Conte me. Sobre aquela sua ressaca do sábado. Um dia inteiro de muita água e dores de cabeça. A fuga que a bebida te ofereceu para não lembrar de algo que não merecia ser lembrado. Mas que você lembrou mesmo assim. Não eu não me importo em ouvir você falando horas sobre o quanto é irritante perder a hora para ir pro o trabalho. Se você fosse seu chefe lhe daria férias, eu sei. Conte me. Sobre seu cachorro ter destruído toda sua correspondência. Inclusive aquela revista em quadrinhos, que você há dias andava esperando. Respira fundo, porque no fundo mesmo, você sabe que ‘serumaninho’ assim é muito amor em versão quatro patas.

Não eu não me importo. Em te ver narrar todo filme cena por cena. Assistir filmes com legenda e comentários ao mesmo tempo, não é para qualquer um. Conte me. Sobre o seu maior sonho. ‘É bobagem’, você diz. Conta mesmo assim, acredite eu quero ser a pessoa com quem você não tem receios em dividir, até mesmo seus objetivos mais utópicos. Conte me. Qualquer coisa sobre você. Me apresente seu lado ‘ruim’ aquele que todo mundo faz questão de manter embaixo do tapete. Me apresenta também o teu melhor lado, tua melhor ideia e o quanto você acredita na força que a natureza tem. Me conta sobre seu primeiro beijo. Sobre a barra que foi ser guri apaixonado e zueiro aos sete anos de idade. Me conte sobre seu último amor. Coloca para fora todas as suas inseguranças. Me fala das suas fraquezas daquilo que te rouba a coragem. Ninguém é forte o tempo todo, eu sei. Conte me. Quem você é por inteiro. Em cada um dos seus trejeitos, defeitos, efeitos, inteiros.

Me mostra quem você é de verdade. Não, não esconde esse sorriso. Não seca essa lágrima. Não segura o riso. Não se anula. Não tira dos outros a oportunidade de conhecer quem você é. Não se joga num canto qualquer. Recolhe esses cacos. Recicla o que ainda te serve e joga fora só o que não faz bem. Me conta uma história que comece com Era uma vez… Eu nunca me canso de ouvir sobre você. Me dá pistas sobre seus maiores mistérios. Me fala sobre as suas maiores paixões. Sobre as suas crenças. Sobre o quanto você detesta essa coisa de signos e previsões. Eu não quero só as tuas melhores partes, só o que é legal e leve. Quero suas tempestades também, o mesmo peso que aterroriza os teus ombros. Quero que seja você mesmo sendo comigo. Conte me as suas histórias. E deixa que no final, quem sabe, eu escreva alguma história com você.

Anúncios

Diz aí que eu te escuto

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s