A minha segunda chance, pode não ser a sua.

600664_250416695067817_572170582_n

Já que, é admitir fraqueza dar uma segunda chance a alguém, porque então não SE dar uma nova chance? Acredito que você valha a pena. Acredito que seus ideais ainda estão aí, adormecidos com o som da chuva calma depois da tempestade. Não seria o melhor momento para os despertar? Eu sei que você já abriu mão de muita coisa no caminho. Sei que o peso do que carregava lhe arcou as costas e você foi obrigado a soltar pertences seus, obrigado a os deixar para trás. Isso inclui as pessoas. Talvez a comparação seja chula demais, pessoas não são coisas, mas a verdade é que pesam como tal. E as vezes pesam até mais. Por isso é natural ter de deixar algumas pelo caminho. Eu sei que foi difícil decidir quem continua e quem fica para trás. Sei que a decisão nem sempre foi sua, e que em determinadas situações, você é quem foi deixado para trás. Esquecido no caminho da mesma forma que já esqueceu ou ainda vai esquecer alguém. Lei natural da vida.

Eu sei que você já furou a sola dos pés nas pedras pontiagudas, sei que as mãos já estão calejadas de tanto arrastar as bagagens de um lado para outro, de norte a sul, de dentro para fora, da casa, do edifício, do coração. Sei como é permanecer do lado de fora, sondando da janela a vida que acontece lá dentro, acalorada, pincelada em tons mais quentes e risos mais estridentes. Esperando o dia que será você lá dentro. Você já está cansado. Está desmotivado. É, eu realmente sei. Mas aí aparece uma evidente cura. E você tem a chance de provar do antídoto, o que faz? Engole o orgulho, veste o kit de mergulho e mergulha de corpo e alma outra vez? Ou simplesmente coloca uma fechadura a mais na porta, que lhe previna dos furtos, de felicidade, de confiança, e principalmente do furto de amor. Furtar amor do outro é covardia. Algumas vezes basta pedir e ter um plano. Você precisa ter um plano. Se não tiver, aborte a missão e não tome coração algum para si.

Eu sei que amor correspondido assim como é sonhado as vezes é também desesperador. Falta ar, você se sente perdido, não sabe simplesmente como agir, como dar o próximo passo sem temer a queda. Eu sei que você perdeu o jeito com os sentimentos, com as palavras doces e a ingenuidade de um amor de entrega total. Sei que todas as metades suas que foram quebradas por aí, um dia foram você por inteiro. Um inteiro que foi aos poucos se esmiuçando até não sobrar quase nada. Eu sei que a solidão tem sido sua melhor amiga. Sei que hoje, você teme ter a solidão invadida por qualquer companhia. Tem medo de abrir as portas e assim que a visita passar os olhos por sua bagunça, teme que ela decida não ficar. Decida nem ao menos entrar para conhecer todos os cômodos e ver se algo a agrada.

Eu sei que você sente preguiça de começar do zero toda vez. Sei que você se cansou de se sentir mais pedaço de carne do que inteligência e razão. Alguém pelo menos lhe pediu opinião alguma vez? Creio que não. Você tem tanto a dizer. Dizer que mãos agitadas, beijos urgentes e nuca bem amparada nem sempre é sinal de encaixe. As vezes as almas se tocam antes mesmo do primeiro contado. E ai você se pergunta, será essa a hora da próxima chance? Será que você aguenta mais uma possível queda? Essa pode vir mais pesada que a última. É sempre mais difícil se levantar com o passar dos anos. Afinal, vamos perdendo a jovialidade da ingenuidade e do amor platônico, tudo para dar lugar a razão, o certo ou errado que norteia a sua vida agora. Eu sei que você não quer cair. Sei que seus joelhos não vão aguentar outro encontro com o chão. E que seus olhos ainda ardem quando você pensa em chorar.

Mas é preciso continuar, lembra? O caminho é o mesmo. Não importa se nós ficamos para trás em um trecho ou outro. Não importa se deixamos alguém. O que importa é o que vem a nossa frente. Um horizonte de possibilidades. Não tema o amor, faça dele seu aliado, seu braço direito, sua bússola quebrada que aponta só para um norte, o norte em que você começa a ser feliz. É hoje que você vai se dar, a sua segunda chance?

t.

 

 

 

Anúncios